Últimas Notícias

COMISSÃO PARLAMENTAR TEMPORÁRIA DE ACOMPANHAMENTO AS AÇÕES DE COMBATE À COVID-19

Já está em funcionamento a Comissão de Acompanhamento as ações da Prefeitura Municipal de Touros de combate à COVID-19. A Comissão tem a seguinte formação: Vereadora Professora Bel – Presidente, Vereadora Fernanda Rocha – Relatora e Vereador Joab Nascimento – Membro.

Na última sexta-feira – 26/06, as vereadora Professora Bel e Fernanda Rocha realizaram visitas ao Hospital e a Secretaria de Saúde.

No Hospital as parlamentares foram recebidas pela coordenadora administrativa Auciele Cristiane e pela enfermeira Natali Nídia da Cunha. Segundo relato das servidoras e observação das vereadoras foi verificado que:
1- Existência de Equipamentos de Proteção Individual – EPI para os Servidores daquela Unidade Hospitalar;
2 – Estoque de medicamentos recomendados pelo Ministério da Saúde para pacientes internados;
3 – Existência de 02 (dois) respiradores que ainda não estão funcionando em virtude da falta das válvulas que ligam o respirador e levam o ar comprimido. (PREVISÃO DE INSTALAÇÃO PARA A PRÓXIMA SEMANA);
4 – Constatou -se que o número de óbitos está desatualizado em virtude da atualização de dados por parte do Estado;
5 – Encontravam -se internados em isolamento 07 (sete) pacientes, aguardando regulação. Já na Secretaria de Saúde a Comissão foi recebida pelo secretário Higor Andrade, também participaram da audiência o Vereador Felipe França e a Diretora do Hospital Josionete Martins. Os parlamentares fizeram questionamentos e deram algumas sugestões. Podemos destacar:
1 – Profissionais da saúde que fazem parte do grupo de risco estão afastados;
2 – Que diariamente são realizados cerca de 50 (cinquenta) testes rápidos para detectar o coronavirus;
3 – Que pessoas que testam positivo passam a ser acompanhadas pela equipe do ESF;
4 – Que há possibilidade de comprar mais 02 (dois) respiradores com Emenda Parlamentar do Deputado Beto Rosado;
5 – Que existe dificuldade de comprar a cesta de medicamentos, mas que há um esforço para a aquisição;
6 – Que não foi possível implantar os 40% de insalubridade aos servidores da saúde, o Ministério Público orientou pela não implantação em virtude do período eleitoral.

Nos próximos dias a Comissão visitará Unidades de Saúde e outras Secretarias Municipais para ouvir os servidores. A Comissão está a disposição da população. Esta Comissão foi criada para fiscalizar as ações do nosso município, reiteramos que estamos disposição de toda a população tourense para dúvidas, denúncias ou sugestões.